Dinheiro Amigo http://www.dinheiroamigo.com Sua fonte de idéias e informações sobre dinheiro e empreendedorismo. Thu, 13 Dec 2018 16:22:38 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.9.9 http://www.dinheiroamigo.com/wp-content/uploads/2017/01/cropped-icon-1-1.png Dinheiro Amigo http://www.dinheiroamigo.com 32 32 Conquiste a Tão Desejada Independência Financeira http://www.dinheiroamigo.com/desejada-independencia-financeira/ http://www.dinheiroamigo.com/desejada-independencia-financeira/#respond Thu, 23 Mar 2017 17:57:25 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1984 Conquistar a independência financeira é o objetivo de quem busca estabilidade e autonomia para adquirir bens materiais sem ter o orçamento comprometido. Ter capacidade para comprar um apartamento pronto para morar com tranquilidade é um desses propósitos. Separamos algumas dicas que podem te ajudar a começar a poupar um dinheiro amigo para realizar esse sonho. […]

O post Conquiste a Tão Desejada Independência Financeira apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Conquistar a independência financeira é o objetivo de quem busca estabilidade e autonomia para adquirir bens materiais sem ter o orçamento comprometido. Ter capacidade para comprar um apartamento pronto para morar com tranquilidade é um desses propósitos. Separamos algumas dicas que podem te ajudar a começar a poupar um dinheiro amigo para realizar esse sonho.

Planeje um orçamento

É essencial que você comece a anotar o que ganha e gasta no mês, pois dessa forma você pode se organizar e planejar o que pode ser poupado e o que é realmente primordial. Lembre-se de considerar os gastos eventuais, pois também influenciam no seu orçamento.

Quite suas dívidas

É normal possuir dívidas: cartão de crédito, empréstimos, carro, dentre outros, são gastos muito necessários para a maior parte das pessoas.

Entretanto, é um passo importante para a independência financeira quitar essas despesas. Uma boa sugestão é fazer uma lista ou uma planilha para organizar o valor e o prazo desses pagamentos. Dessa forma, você pode se programar melhor e separar assim que possível a quantidade de renda necessária para esses fins.

Conquiste a Tão Desejada Independência Financeira

Você pode querer saber como economizar dinheiro para fazer o que quiser.

Poupe pelo menos 10% da sua renda

Também é importante saber economizar. O ideal é guardar 10% da sua renda, ou seja, se você recebe R$ 3.000, tente separar R$ 300 e, de preferência, assim que receber o salário.

Uma dica é utilizar envelopes, como se fossem uma espécie de cofre, porque assim você terá mais noção do quanto precisa economizar e do quanto está conseguindo guardar.

Estabeleça metas

Determinar metas é uma maneira de combater o consumo exagerado e economizar. Isso porque quando você tem um objetivo maior, acaba pensando duas vezes antes de gastar com coisas supérfluas.

Portanto, estabeleça o que é primordial e foque nessas prioridades. Para ajudar, faça uma lista em ordem de importância dos itens que deseja alcançar.

Conte com a sua família

Para uma vida financeira saudável, é necessário que haja transparência e diálogo entre os membros da família, pois é muito mais fácil focar no planejamento quando ele é realizado em cooperação coletiva.

Contar com o apoio de todos para controlar os gastos dentro de casa é uma atitude positiva que pode motivar cada um a se empenhar para alcançar um objetivo maior.

Se puder, invista

Depois de juntar uma quantidade de dinheiro considerável, é interessante fazer com que ele tenha rentabilidade. Por isso, se possível, invista esse Conquiste a Tão Desejada Independência Financeiravalor em alguma aplicação financeira. A que está em alta no momento é o Tesouro Direto, mas existem várias modalidades no mercado que podem atender seu perfil.

Mas antes de fazer a adesão, consulte sua instituição financeira para fazer o melhor negócio.

Agora que você já sabe como conquistar a independência financeira: se planeje, economize e invista o seu dinheiro. Com determinação é possível alcançar essa meta.

O post Conquiste a Tão Desejada Independência Financeira apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/desejada-independencia-financeira/feed/ 0
Impressora Térmica ou Matricial: Qual é a Melhor Escolha Para o Seu Negócio? http://www.dinheiroamigo.com/impressora-termica-ou-matricial/ http://www.dinheiroamigo.com/impressora-termica-ou-matricial/#comments Mon, 13 Mar 2017 10:53:28 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1965 As impressoras não fiscais (também conhecidas como impressoras de cupom) são uma forma rápida e econômica de empresas emitirem aquelas notas sem caráter fiscal, mas que têm valor para seus clientes/colaboradores. Entre elas podem estar cupons/tickets de serviço e até mesmo orientações internas, como ordens de serviço e pedidos, entre outros. Mas embora a importância […]

O post Impressora Térmica ou Matricial: Qual é a Melhor Escolha Para o Seu Negócio? apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
As impressoras não fiscais (também conhecidas como impressoras de cupom) são uma forma rápida e econômica de empresas emitirem aquelas notas sem caráter fiscal, mas que têm valor para seus clientes/colaboradores. Entre elas podem estar cupons/tickets de serviço e até mesmo orientações internas, como ordens de serviço e pedidos, entre outros.

Mas embora a importância dessas máquinas seja praticamente uma certeza inegável para quem administra um negócio, escolher qual modelo adquirir, por outro lado, pode ser uma grande fonte de dúvidas – afinal, qual a melhor, impressora matricial ou térmica?

Para lhe ajudar nessa decisão, separamos algumas informações sobre as duas principais variações desse equipamento e também algumas dicas que ajudam a definir qual a sua necessidade.

Impressora matricial

QUAL IMPRESSORA ESCOLHER PARA O SEU NEGÓCIO

Fonte: Automatech

Esse modelo é um dos mais antigos e opera com uma tecnologia há muito utilizada em impressoras. A cabeça de impressão conta com pequenas agulhas mecânicas que, através de um processo eletromagnético, efetuam a impressão conforme empurram a fita de tinta contra o papel. Dessa forma, ao invés dos caracteres serem formados de uma só vez, eles são feitos de pequenos pontos.

Uma das vantagens dessa maneira de impressão é que sua forma de funcionamento e os materiais utilizados nela (fitas com tinta e papel) são mais baratos, o que, por sua vez, torna o preço da própria máquina mais acessível. No entanto, o lado ruim fica por conta da sua vida útil mais reduzida (em comparação com outros modelos), tamanho mais avantajado, velocidade de impressão menor e também pelos ruídos que a impressora produz quando está trabalhando.

Ou seja, é um modelo que, embora tenha um preço mais barato e seja bastante atraente especialmente para quem não pode investir muito nesse tipo de equipamento, pode não ser o suficiente para empresas que necessitam de uma grande demanda de impressão não fiscal.

Impressora térmica

IMPRESSORA TÉRMICA OU MATRICIAL

Fonte: Automatech

Já a impressora térmica pode ser considerada moderna, pois utiliza uma tecnologia mais recente em seu funcionamento: através de uma cabeça térmica, o equipamento aquece seletivamente um papel também térmico específico para essa utilização e, assim, forma as imagens.

Já que não possui partes móveis para realizar a impressão, esse modelo é muito mais silencioso, rápido e eficiente – por exemplo, não há o risco da tinta acabar no meio do processo ou do papel atolar. Além disso, sua vida útil costuma ser maior, bem como o número de impressões que pode realizar (desde que tanto sua cabeça quanto o papel térmicos estejam em boas condições).

O principal ponto negativo da impressora térmica fica por conta do seu preço, maior em comparação a outros tipos desse equipamento, e também pela necessidade de papel especial que necessita. Porém, para quem possui um grande volume de impressão e necessita de velocidade, optar por esse modelo pode compensar no custo-benefício, trazendo mais eficiência para o dia a dia da empresa.

Como escolher entre as duas

Como você já pode perceber, cada um desses tipos de impressora não fiscal conta com características bem particulares e, mais do que isso, diferentes entre si. Portanto, é claro que a preferência por uma ou outra também se encaixa melhor em contextos distintos, e isso vai depender bastante das necessidades da sua empresa.

O modelo matricial é mais indicado para aqueles negócios que não precisam de um fluxo tão intenso de impressão nem de uma velocidade muito grande. Outro ponto que deve ser levado em consideração é o ruído que esse tipo de impressora produz – caso sua empresa tenha um perfil que necessita de um ambiente silencioso (como uma biblioteca, por exemplo), ela talvez acabe afetando a qualidade da experiência do seu consumidor.

Por outro lado, se sua empresa demanda um volume de impressão grande e com alta velocidade e tem a emissão de notas não fiscais com um aspecto muito importante (o suficiente para justificar um investimento maior nesse equipamento), o modelo térmico é, geralmente, a melhor solução. Aqui também é importante levar em conta a aquisição do papel especial para esse tipo de impressora.

Com essas dicas e informações, você já tem ótimas formas de descobrir qual a impressora é a melhor para tornar o seu negócio mais eficiente, ágil e moderno. Agora é só analisar a logística da sua empresa e tomar a decisão correta, sem medo de errar!

O post Impressora Térmica ou Matricial: Qual é a Melhor Escolha Para o Seu Negócio? apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/impressora-termica-ou-matricial/feed/ 1
Microempreendedor Individual: Tudo o Que Você Precisa Saber Para Se Legalizar http://www.dinheiroamigo.com/microempreendedor-individual/ http://www.dinheiroamigo.com/microempreendedor-individual/#respond Fri, 10 Mar 2017 18:23:38 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1969 O Microempreendedor Individual ou simplesmente MEI, é aquele pequeno empresário que se formalizou. Normalmente todo o trabalho é feito por conta própria e a legalização desse tipo empresarial foi uma facilitação do governo para incentivar o empreendedorismo no Brasil. Mas afinal, o que é MEI? Para ser um MEI Microempreendedor Individual é necessário ter um […]

O post Microempreendedor Individual: Tudo o Que Você Precisa Saber Para Se Legalizar apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
O Microempreendedor Individual ou simplesmente MEI, é aquele pequeno empresário que se formalizou. Normalmente todo o trabalho é feito por conta própria e a legalização desse tipo empresarial foi uma facilitação do governo para incentivar o empreendedorismo no Brasil.

Mas afinal, o que é MEI?

Para ser um MEI Microempreendedor Individual é necessário ter um faturamento máximo de até R$ 60.000,00 por ano e não ter participação em nenhuma outra empresa.

Veja o vídeo abaixo do SEBRAE que explica de uma forma bem didática o que é o MEI.

Você pode abrir uma microempresa individual sozinho, pois todo o processo é feito através da internet. Sendo assim, não será necessário gastar dinheiro com contador, por exemplo (se essa for uma preocupação sua).

Um outro ponto interessante, é que o MEI também pode contratar um funcionário, desde que este receba um salário mínimo ou piso de sua categoria.

Foi através da Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, que foi possível que o trabalhador até então chamado de informal, pudesse legalizar completamente a sua situação.

Existem muitas vantagens em ser um microempresário individual, entre elas está a possibilidade de abrir uma conta corrente na modalidade empresarial, os empréstimos são mais fáceis e com taxas interessantes, além disso, também é possível fazer a emissão de nota fiscal.

Além de todas essas vantagens, o pequeno empreendedor ainda vai estar enquadrado no Simples Nacional e ficará isento de Imposto de Renda, Pis, Cofins, IPI e CSSL.

Esse empreendedor pagará apenas um valor fixo mensal, sendo:

  • R$ 47,85 para comércio ou indústria
  • R$ 51,85 para prestação de serviços
  • R$ 52,85 comércio e serviços

Esses valores serão destinados a Previdência Social, ICMS ou ISS. Todos os anos esses valores vão passar por uma atualização baseada no salário mínimo vigente.

Com essas contribuições em dia, o microempreendedor poderá ter direito aos benefícios de auxílio doença, aposentadora, auxílio maternidade e outros.

Você deseja saber mais informações sobre o Microempreendedor Individual? Então continue acompanhando esse artigo, pois nós queremos trazer apenas as melhores informações sobre esse assunto. Boa leitura!

Microempreendedor Individual: tudo que você precisa saber para se formalizar também

Você já está trabalhando por conta própria atualmente? Saiba que é fundamental se legalizar, pois essa será a sua única garantia de alguns benefícios e também é a possibilidade de desenvolver o seu negócio adequadamente.

O MEI pode emitir nota fiscal e isso acaba criando uma relação de profissionalismo muito maior com os seus clientes ou consumidores.

Tendo o direito de abrir uma conta corrente empresarial, é possível até mesmo que você consiga conversar com o seu gerente sobre a possibilidade de emitir boletos.

Isso significa que além de emitir uma nota fiscal, você também poderá fazer um boleto para os seus clientes, o que garante não só o profissionalismo, mas também uma maior segurança para os seus serviços ou produtos.

Infográfico: Quem é o MEI?

 

Confira logo abaixo, quais são as etapas que você poderá seguir para se formalizar enquanto microempreendedor:

  • Acesse o portal do microempreendedor individual

Você pode iniciar o seu acesso no portal, clicando aqui

Não será cobrado nenhum valor inicial para você fazer a formalização. Não existe taxa de registro e nem de abertura da microempresa.

Ao acessar o portal do microempreendedor você poderá encontrar alguns botões de atalho para as seguintes funcionalidades: Quero me Formalizar; Alterar dados Cadastrados; Baixa na inscrição do MEI; DAS Carnê de Pagamento; DASN-SIMEI Declaração Anual de Rendimentos; CCMEI Certificado do MEI.

Você deverá acessar o botão de atalho “Quero me Formalizar” ou para economizar o seu tempo, basta clicar aqui e você já será redirecionado diretamente para a página inicial de cadastro e formalização.

  • Impedimentos existentes no cadastro do MEI

Se você digitar alguma informação errada ou controversa, imediatamente vai existir o impedimento de cadastro.

No formulário de formalização do MEI, você vai ter que digitar todos os seus dados pessoais, como CPF, data de nascimento, nome da sua mãe e muito mais. Se qualquer um desses dados for escrito errado ou tiver alguma divergência com a Receita Federal, não será possível continuar o cadastrado.

Lembrando que essa divergência pode ser um simples erro de cadastro!

Se o sistema verificar que você já é dono ou possui sociedade em uma outra empresa, também não será possível continuar o cadastro. De qualquer forma, mediante a qualquer impedimento a atitude mais correta é ir até a Receita Federal mais perto da sua casa e resolver o que for necessário.

  • Para ter acesso ao carnê de pagamento – DAS

Como você já sabe, todo microempreendedor individual precisa pagar um valor fixo mensal para poder fazer jus a todos os direitos dessa classe.

Assim que você finalizar o seu processo de formalização, será necessário emitir o seu carnê de pagamento. Você poderá emitir uma guia por vez ou já fazer isso para o seu ano inteiro.

Dica: já deixe todas as guias prontas para um ano, assim será mais fácil evitar que você venha se esquecer de algum mês ou outro.

Para emitir todo o seu carnê de Microempreendedor Individual é bem simples, basta clicar aqui e você será redirecionado para o site oficial do Simples Nacional.

  • Empréstimo para microempreendedor individual

Um grande benefício de estar devidamente cadastrado como MEI, é a possibilidade de conseguir melhores oportunidades de empréstimo. O empreendedor que possui um CNPJ, automaticamente possui as mesmas vantagens de qualquer outra empresa.

As próprias instituições financeiras acabam enxergando o MEI de outra forma e por isso oferecem melhores oportunidades para a contratação de algum crédito.

Normalmente, as linhas de crédito que mais oferecem oportunidades interessantes são as do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Em ambos bancos, você vai precisar:

Crédito oferecido pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal

No BB e na CEF, os responsáveis vão fazer uma análise geral do seu crédito para avaliar se o valor solicitado poderá ou não ser liberado.

Para adiantar esse processo, você deverá levar:

  1. Certificação de comprove a condição de MEI
  2. Documentos pessoais – RG e CPF
  3. Comprovante de endereço

O Microcrédito

Para quem não sabe, o Microcrédito é uma linha especial que foi desenvolvida para o Microempreendedor Individual, justamente para que fosse possível facilitar a sua vida e oferecer vantagens incríveis.

Essa modalidade de crédito possui valores e taxas mais acessíveis, além de contar com uma burocracia bem menor. De fato, é uma grande facilitação para os microempreendedores que estão precisando de uma grana extra.

  • Alguns cuidados que você deve tomar antes de contratar um empréstimo

É claro que nós entendemos e principalmente apoiamos a contratação de um crédito com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento da sua microempresa. Mas ainda assim, é fundamental fazer uma boa análise se realmente vai valer a pena ou não.

Veja também Marmita Fitness: Conheça Este Negócio Que Está Mudando Vidas

O crédito para microempreendedor individual é algo bem mais fácil de conseguir e por isso, alguns empreendedores novatos acabam se deixando levar por conta disso.

Para começar, faça um projeto que conste todas as suas ideias de ampliação do negócio e veja se o dinheiro realmente será necessário. Analise quais serão os seus ganhos através desse empréstimo.

O Microempreendedor Individual e Os Bancos

Microempreendedor Individual

Fonde: sebraemgcomvoce.com.br

É extremamente importante que você faça uma separação daquilo que será um ganho exclusivamente seu e aquilo que será parte da empresa. Misturar esses dois fatores pode acabar prejudicando o andamento da sua empresa.

Essa mesma regra que foi mencionada acima, vai valer para a contratação de um empréstimo. Se caso você realmente chegar na conclusão de que a melhor opção é fazer a contratação, todo o dinheiro deverá ser utilizado apenas para a sua microempresa.

Não se esqueça de colocar no seu projeto a forma como o empréstimo será pago. Você pode fazer uma planilha de fluxo de caixa, por exemplo, assim será possível fazer todas as suas projeções financeiras e não sofrer com nenhuma surpresa no final do mês.

  • Microempreendedor individual nota fiscal

Para poder emitir nota fiscal o Microempreendedor individual vai precisar ir até a Secretaria de Fazendo do Estado ou do Município e solicitar uma Autorização de Impressão de Nota Fiscal – AIDF.

Depois da autorização feita, basta procurar uma gráfica e solicitar a emissão do tação de notas fiscais.

O MEI também poderá solicitar a emissão de nota fiscal eletrônica. Normalmente é necessário fazer o pedido no setor da prefeitura da sua cidade que cuida especialmente do MEI.

Provavelmente você receberá um login e senha com o acesso do emissor de notas da sua cidade. Assim será possível emitir as notas fiscais eletrônicas também.

  • Quem poderá se tornar um microempreendedor individual

De maneira geral, poderá se enquadrar como microempreendedor aqueles profissionais que possuírem uma renda anual menor do que R$ 60.000,00.

Entenda que você pode receber R$ 30.000,00 em um único mês, desde que nos demais meses não ultrapasse o valor de R$ 60.000,00.

Se você já for um microempreendedor individual e faturar acima desse valor, será necessário fazer uma mudança no seu tipo empresarial, mas isso também é algo simples.

É importante destacar que depois dessa alteração empresarial, você possivelmente vai precisar do auxílio de um contador. Mas também não será um peso tão grande, já que você já vai estar faturando um bom valor.

  • Funcionário público pode ser um microempreendedor?

De acordo com a Lei 8.112/90, o servidor público em atividade não pode se tornar um MEI. Só é permitido o ingresso no MEI, quando esse funcionário estiver devidamente aposentado e com as suas funções públicas encerradas.

O funcionário público aposentado por invalidez, também não pode se tornar um microempreendedor.

O pensionista poderá abrir o seu MEI, desde que não seja funcionário público e nem receba aposentadoria por invalidez.

Agora você já sabe como abrir um MEI, por isso garanta que a sua formalização será feita o quanto antes.

Aproveite todos os benefícios e se torne um microempreendedor individual. Boa sorte!

O post Microempreendedor Individual: Tudo o Que Você Precisa Saber Para Se Legalizar apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/microempreendedor-individual/feed/ 0
Brinquedoteca Em Restaurantes: Tudo o Que Você Precisa Saber Para Montar Uma http://www.dinheiroamigo.com/brinquedoteca-em-restaurantes/ http://www.dinheiroamigo.com/brinquedoteca-em-restaurantes/#respond Fri, 10 Mar 2017 17:33:44 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1962 Uma forma cada vez mais recorrente de atrair famílias com filhos é contar com um espaço kids, como uma brinquedoteca, para manter os pequenos entretidos enquanto os adultos conversam e esperam a refeição ficar pronta. Assim, todo mundo sai ganhando! Vantagens de montar uma brinquedoteca em restaurante A principal vantagem de ter um espaço kids […]

O post Brinquedoteca Em Restaurantes: Tudo o Que Você Precisa Saber Para Montar Uma apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Uma forma cada vez mais recorrente de atrair famílias com filhos é contar com um espaço kids, como uma brinquedoteca, para manter os pequenos entretidos enquanto os adultos conversam e esperam a refeição ficar pronta. Assim, todo mundo sai ganhando!

Vantagens de montar uma brinquedoteca em restaurante

A principal vantagem de ter um espaço kids no restaurante é o conforto dos consumidores. Todo mundo sabe que os pequenos não têm paciência para ficarem sentados esperando as refeições ficarem prontas, o que resulta muitas vezes em crianças correndo e brincando por entre as mesas, atrapalhando a conversa dos adultos.

Isso, inclusive, faz com que muitos pais deixem de frequentar os estabelecimentos, por medo de episódios como esses acontecerem e, principalmente, para evitar a dor de cabeça. É justamente aí que surge uma oportunidade de “resgatar” esse público e fazê-los voltar ao seu restaurante: equipar um espaço completo com diversos brinquedos e atividades para as crianças se divertirem em segurança.

Um restaurante kid friendly, ou “amigável para as crianças”, só tem a ganhar, pois todo mundo vai sair de lá satisfeito: as crianças, por encontrarem entretenimento e diversão durante horas, e os pais, que podem descontrair e aproveitar os tão necessários momentos de tranquilidade.

Agora que você já sabe como montar uma brinquedoteca só tem a agregar ao seu negócio, você só precisa reservar um ambiente – que pode ser na entrada do restaurante ou em uma sala separada – e equipá-lo com muitas opções de brinquedos. Veja abaixo os principais itens que você precisa ter no espaço kids!

Talvez você se interesse por Marmita Fitness: Conheça esse negócio que está mudando vidas.

O que não pode faltar na brinquedoteca

Segurança: por se tratar de um espaço com crianças pequenas brincando longe da supervisão dos pais, o primeiro item a se preocupar na hora de montar a brinquedoteca é a segurança. Para isso, você deve revestir o chão do espaço com material antiderrapante, como o piso de E.V.A e a grama sintética – que também ajudam a dar toque divertido à decoração.

Além disso, cuide para que os móveis tenham quinas arredondadas e que as crianças tenham bastante espaço para circulação. Isso deve ser suficiente para evitar acidentes!

Brinquedos: para que o espaço seja realmente divertido, não podem faltar opções de atividades que agradem a todas as idades. Algumas dicas para equipar a brinquedoteca são:

  • contar com um cantinho da leitura;
  • espaço para colorir;
  • jogos de mesa;
  • jogos eletrônicos.

E, claro, os brinquedos para playground preferidos da criançada, como:

  • cama elástica (se o espaço e altura permitirem);
  • piscina de bolinhas;
  • escorregador;
  • e castelo inflável!

Supervisor: esse item entra também na questão de segurança, mas não podemos deixar de ressaltar. A presença de um supervisor é essencial para tranquilizar os pais e garantir que as crianças vão brincar de forma segura e monitorada. Dependendo do tamanho do estabelecimento e da quantidade de crianças que vão frequentar o local, pode ser necessário contratar mais de um profissional, portanto, avalie esse aspecto com cuidado!

Decoração: os brinquedos podem até ser o principal atrativo para as crianças, mas uma bela decoração lúdica e colorida é muito importante para despertar neles a criatividade e imaginação. Por isso, invista em:

  • bancos, pufes e mesas coloridas;
  • prateleiras cheias de ursinhos e bonecos;
  • paredes desenhadas – ou, melhor ainda, desenháveis!

E tudo o mais que possa deixar esse espaço ainda mais aconchegante e divertido para os pequenos.

Como você viu, a brinquedoteca está se tornando cada vez mais imprescindível para que um restaurante se destaque da concorrência, estando equipado para receber famílias com crianças. Investir em um espaço kids é muito mais simples do que parece e pode trazer muito retorno ao seu negócio, além de clientes mais satisfeitos!

O post Brinquedoteca Em Restaurantes: Tudo o Que Você Precisa Saber Para Montar Uma apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/brinquedoteca-em-restaurantes/feed/ 0
O SAT Agora é Obrigatório em São Paulo: Você Sabe Como Isso Impacta o Seu Negócio? http://www.dinheiroamigo.com/o-sat-agora-e-obrigatorio/ http://www.dinheiroamigo.com/o-sat-agora-e-obrigatorio/#comments Thu, 16 Feb 2017 08:30:49 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1908 Com a portaria CAT 108, publicada pela Secretaria da Fazenda de São Paulo, tornou-se obrigatória a emissão de Cupom Fiscal Eletrônico (CF-e) por estabelecimentos que faturaram mais de 81 mil reais no ano passado. Por causa da mudança, passa a ser obrigatório também a utilização do Sistema de Autenticação e Transmissão (SAT), ferramenta fundamental para […]

O post O SAT Agora é Obrigatório em São Paulo: Você Sabe Como Isso Impacta o Seu Negócio? apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Com a portaria CAT 108, publicada pela Secretaria da Fazenda de São Paulo, tornou-se obrigatória a emissão de Cupom Fiscal Eletrônico (CF-e) por estabelecimentos que faturaram mais de 81 mil reais no ano passado.

Por causa da mudança, passa a ser obrigatório também a utilização do Sistema de Autenticação e Transmissão (SAT), ferramenta fundamental para a emissão da CF-e e que traz mais praticidade e transparência para as empresas. Entenda melhor como isso vai funcionar e quais as vantagens o seu negócio terá!

SAT-CF-e

Fonte: E Gestora

O que é o SAT

O termo SAT é designado para o sistema responsável por transmitir os dados da compra realizada pelo seu cliente para a Fazenda. Ele é um pequeno acessório que fica conectado ao Ponto de Venda (PDV) – é parecido com um modem de Internet – e armazena as informações fiscais sobre a compra que o cliente acabou de fazer (na forma de um arquivo) e, em no máximo dez dias, envia os dados para o fisco.

Na prática, funciona assim: o cliente realiza uma compra; os dados da transação são enviados para o SAT, que por sua vez manda a informação para o fisco (a Secretaria da Fazenda). E todas essas informações ficam acessíveis pelo cliente através de um QR Code.

É por isso que juntamente com o SAT, em todo esse processo é fundamental contar com uma impressora de CF-e. Isso porque a emissão do cupom eletrônico também passou a ser obrigatória e, além disso, o QR Code que dá acesso às informações guardadas no SAT e transmitidas à Secretaria da Fazenda consta no cupom!

Mais agilidade com menos custos

A principal vantagem da adoção do Sistema de Autenticação e Transmissão é trazer mais transparência e agilidade para o processo de enviar dados fiscais da empresa para Fazenda. Antes, essa ação era realizada por um contador ou mesmo pelo próprio lojista, que reunia as informações de forma manual, criava o arquivo e, então, enviava-o para o fisco. Como resultado, era comum ocorrer erros, inconsistências e, claro, gastar muito tempo e investimento.

Já com a utilização do SAT Fiscal, todo esse processo se torna automatizado – o próprio aparelho armazena as informações, cria os arquivos e envia os dados para o fisco. Assim, a sua empresa consegue poupar tempo, dinheiro (pois não é necessário contratar um contador, por exemplo) e elimina as possibilidades de erro humano. Dessa forma, seu negócio conta com mais agilidade, economia e ainda proporciona transparência para o Estado e também seus clientes.

Portanto, a obrigatoriedade do SAT só tem a agregar qualidade para o funcionamento das empresas, desde que, claro, elas se adaptem a essa nova realidade e, o mais importante, contêm com equipamentos qualificados que proporcionem performance de ponta e segurança. Um ótimo exemplo é o SAT Bematech RB- 1000 FI, com tamanho compacto, ótima capacidade de armazenamento e funcionalidades que garantem a proteção dos dados.

O post O SAT Agora é Obrigatório em São Paulo: Você Sabe Como Isso Impacta o Seu Negócio? apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/o-sat-agora-e-obrigatorio/feed/ 2
Orçamento Doméstico: Como Parar De Gastar Tanto Em Comida http://www.dinheiroamigo.com/orcamento-domestico-como-parar-de-gastar-tanto-em-comida/ http://www.dinheiroamigo.com/orcamento-domestico-como-parar-de-gastar-tanto-em-comida/#comments Fri, 10 Feb 2017 22:14:02 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1821 Se nós ganhássemos 25 centavos a cada vez que falamos de comida (Quanto gastar no supermercado? Jantar fora? Quanto é muito? Porque eu sempre gasto demais em comida?) nós poderíamos jantar for a todas as noites da semana e ainda sobra dinheiro. Este é um assunto difícil. Porque diferente de todas as outras contas mensais, […]

O post Orçamento Doméstico: Como Parar De Gastar Tanto Em Comida apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Se nós ganhássemos 25 centavos a cada vez que falamos de comida (Quanto gastar no supermercado? Jantar fora? Quanto é muito? Porque eu sempre gasto demais em comida?) nós poderíamos jantar for a todas as noites da semana e ainda sobra dinheiro.

Este é um assunto difícil. Porque diferente de todas as outras contas mensais, não é uma despesa fixa. E ela vem pelo menos três vezes ao dia.

É fácil gastar demais em comida. E também parece uma daquelas categorias de despesas que você (deveria?) cortar um pouco. Mas acontece que… você gasta demais com comida. Eu entendo e estou contigo nessa, contando os dias até que sua categoria de Restaurantes esteja preenchida no começo do mês.

Então, se você fez meu curso ou está no começo do seu budget com o YNAB, você provavelmente já levou um choque de realidade. Como posso gastar tanto assim em comida! Mas tem um outro choque de realidade: Talvez você não esteja gastando demais, mas planejando de menos.

Se você gasta R$600 em supermercado todos os meses, você pode tentar planejar R$400, mas provavelmente vai ficar rolando com os socos (Regra número 3) em R$200, porque você gasta R$600 cada mês.

Dito isto, você pode ser mais disciplinado com o planejamento do seu supermercado.

E eu sugiro que comece por aqui:

Saber o Valor Da Comida é Metade da Batalha

A primeira coisa que você precisa para colocar em ordem os gastos com comida é simplesmente saber quanto você está gastando. Saber o valor abre seus olhos e faz com que você pense duas vezes. O budget pode ajudar com isto. O budget pode lhe dar a informação que precisa de várias maneiras.

Na medida que começa a rastrear suas despesas, você vai tendo uma média do que está gastando em cada uma das categorias. Isto ajuda a saber quanto você gasta em comida.

Você pode também olhar na coluna de atividade da categoria “supermercado” para ver todas as compras que levaram à aquele valor. Isto pode dar a você uma noção dos seus padrões de gastos.

  • Se você não planeja—você gasta mais.
  • Se você vai à loja todos os dias—você gasta mais
  • Se você vai ao WallMart—você gasta ao menos R$200.

Existem algumas realidades—e saiba muito bem disso— que podem ajudar você a evitar e/ou ao menos minimizar o estrago.

O que Importa Para Você é Importante

Agora você precisa decidir o que é importante para você quando diz respeito à comida. A maior pergunta que recebo sobre comida: “Quanto eu devo planejar para o supermercado?

Aqui está a resposta—cuidado porque incomoda um pouco—depende totalmente de você e de suas prioridades.

Não existe um número mágico e aqui está o porque: Os números que alguém lhe der, vão refletir as prioridades deles, não as suas. Além do mais, existem inúmeras variáveis que afetam o curso da comida. Onde você vive, que lojas tem por perto, suas necessidades ou restrições alimentares. Mesmo que você chegue em uma média nacional, isto não teria nada a ver com sua vida e circunstâncias.

Então pare de se sentir culpado. E encontre um valor que funcione para você, sua família e seu planejamento. E sinta-se bem com isto.

Vamos dizer que os gurus recomendam que 10% da sua renda seja gasta em comida. Se você tem um aumento, isto significa que deveria gastar mais mesmo que não precise? Claro que não.

No final das contas, a única média que realmente importa é a sua. Rastreie suas despesas com comida. Use seu planejamento para ver qual é seu gasto médio e decida se precisa e somente então reduza este valor.

Você pode aprender mais sobre como planejar os seus gastos, rastrear cada centavo das suas despesas e como usar o YNAB clicando neste link.

O post Orçamento Doméstico: Como Parar De Gastar Tanto Em Comida apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/orcamento-domestico-como-parar-de-gastar-tanto-em-comida/feed/ 1
Parar De Trabalhar: Quando Um Dos Dois Decide Se Dedicar à Casa e Filhos http://www.dinheiroamigo.com/dedicir-parar-de-trabalhar/ http://www.dinheiroamigo.com/dedicir-parar-de-trabalhar/#respond Sat, 04 Feb 2017 18:16:52 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1794 Quando o casal Célia e Claudio ficaram grávidos do segundo filho, ela era professora e ele um técnico de laboratório. Não demorou muito para perceberem que o salário de Célia não cobriria nem mesmo o custo da creche para os dois filhos.  Ela então decidiu parar de trabalhar. Depois de alguns tropeços, eles optaram pelo caminho […]

O post Parar De Trabalhar: Quando Um Dos Dois Decide Se Dedicar à Casa e Filhos apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Quando o casal Célia e Claudio ficaram grávidos do segundo filho, ela era professora e ele um técnico de laboratório. Não demorou muito para perceberem que o salário de Célia não cobriria nem mesmo o custo da creche para os dois filhos.  Ela então decidiu parar de trabalhar.

Depois de alguns tropeços, eles optaram pelo caminho menos provável—e logo aprenderam porque uma única renda pode ser uma escolha dura. Ela parou de trabalhar para se dedicar à casa.

Eles passaram aquele primeiro ano sem dinheiro, mergulhados nas dívidas e completamente estressados com a falta de dinheiro.

Ela Decidiu Parar De Trabalhar e…

Não quero dizer aqui que o YNAB resolveu tudo para eles depois que decidiram que ela iria parar de trabalhar, mas como a própria Célia disse: “Então nós fizemos o curso do YNAB e tudo mudou.

Mas… o que especificamente mudou?

Pela primeira vez, eles estavam gerenciando o dinheiro. Eles pararam de calcular e calcular novamente o saldo da conta porque o budget deles já estava pronto e dizia para eles, preto no branco, o que eles poderiam ou não gastar. Eles não estavam mais estressados: “Com menos stress, nós começamos a fazer escolhas financeiras mais inteligentes porque temos tempo de pensar, analisar e considerar todas as opções.

Em 1 ano, eles quitaram o carro, reduziram a dívida no cartão de crédito em R$8 mil e estão consistentemente um mês à frente—com somente uma renda, com menos margem do que nunca entre entradas e saídas.

Os dois são apaixonadas pelo orçamento familiar porque mudou completamente a qualidade de vida. Eu perguntei à eles que esperanças eles poderiam dar para pessoas que estão estressadas por causa de dinheiro:

Se Nós Podemos Fazer, Qualquer Um Pode

Nosso nível de entrada/saída de dinheiro é apertado. Por um longo período nós pensamos que tínhamos um planejamento apenas por saber quais eram as nossas contas e que elas tinham um valor menor do que nossa renda. Mas desde o curso, nós estamos desenhando (e planejando) a vida que queremos.

São Subestime o Peso do Seu Stress Financeiro

Antes de ter suas finanças sob controle, Claudio começou fazer terapia contra ansiedade e depressão. Qando Célia e o YNAB começaram a gerenciar o dinheiro, “isto ajudou ele a controlar melhor sua ansiedade e depressão. O fato de que ele não precisa se preocupar com dinheiro faz uma grande diferença no seu comportamento como um todo. E o YNAB permitiu que nós tirássemos o stress pelo dinheiro de nosso casamento.

Você Não Precisa Ser Rico Para Gastar Sem Culpa

“Gastar sem culpa é algo que pessoas que ganham pouco como nós nunca fez. O YNAB nos deu a confianças necessária para gastar conosco sem culpa. No passado, nós nunca poderíamos gastar em nada que não fosse essencial porque não sabíamos se teríamos dinheiro depois para o supermercado ou as contas. Agora nós sabemos que o dinheiro que precisamos está seguro nas categorias e podemos gastar sem nos preocupar. E lembre-se: Decidimos que ela iria parar de trabalhar.”

Você Pode Olhar Para o Futuro

“Antes do Curso de YNAB, nós sempre nos víamos como pobres. Nós trabalhávamos duro mas nunca tínhamos dinheiro suficiente para sobreviver quanto mais para nos divertir. Era triste pensar sobre o futuro e o fato de que nunca teríamos algo extra.”

Hoje, este casal está seguindo o plano para se ver livre das dividas do cartão de crédito em meados de Março de 2017. Eles estão definindo novos objetivos como por exemplo já se preparando para o terceiro bebê, guardando dinheiro para o futuro dos filhos e viajando mais em família.

Esta é a vida depois do YNAB, e a vida é boa!

P.S.: Se você gostou desta história e se sentiu inspirado a começar uma vida melhor, compartilhe este artigo em sua rede social favorita e passe essa inspiração a outras pessoas!

Se você quer se livrar do stress também clique aqui e conheça o curso de YNAB que salvou este casal.

Quem sabe sua história não será a próxima aqui no site?

O post Parar De Trabalhar: Quando Um Dos Dois Decide Se Dedicar à Casa e Filhos apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/dedicir-parar-de-trabalhar/feed/ 0
Marmita Fitness: Conheça Este Negócio Que Está Mudando Vidas http://www.dinheiroamigo.com/marmita-fitness/ http://www.dinheiroamigo.com/marmita-fitness/#respond Thu, 02 Feb 2017 17:23:16 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1772 Só quem precisa seguir uma dieta saudável e possui uma vida com pouco tempo, cheia de compromissos com trabalho, estudos e a família, e não sobra tempo de almoçar em casa sabe como é complicado achar um estabelecimento que sirva cardápios que sejam adequados ao seu estilo de plano alimentar, com pratos que sejam preparados da […]

O post Marmita Fitness: Conheça Este Negócio Que Está Mudando Vidas apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Só quem precisa seguir uma dieta saudável e possui uma vida com pouco tempo, cheia de compromissos com trabalho, estudos e a família, e não sobra tempo de almoçar em casa sabe como é complicado achar um estabelecimento que sirva cardápios que sejam adequados ao seu estilo de plano alimentar, com pratos que sejam preparados da maneira certa. Mas você já ouviu falar em marmita fitness?

Pensando nesse mercado que cresce a cada dia, algumas pessoas empreendedoras estão criando empresas que fornecem marmitas fitness para atender a grande demanda que está surgindo com a onda de vida saudável. Muita gente procura como ganhar dinheiro com comida e doces mas esquecem do publico fitness.

Não é de hoje que as pessoas estão se conscientizando que devem manter uma rotina mais leve, se alimentando da maneira certa e praticando exercícios físicos regularmente, mas com a falta de tempo para cozinhas, elas acabam comendo qualquer coisa na rua.

Por outras vezes, quando não se alimentam na rua, acabam cozinhando qualquer coisa e o alimento fica vazio, sem os nutrientes que são recomendados para uma vida leve, e com alguns alimentos que prejudicam a saúde.

Por essa razão, se você está em busca de ideias de negócios que sejam inovadoras para empreender em algo que tenha uma alta procura, este pode ser o momento certo para inovar criando uma empresa que forneça comida fitness.

Com certeza por esse motivo algumas pessoas preferem não almoçar nos restaurantes e preparam ou pedem delivery de marmita saudável, organizada em casa ou em empresas especializadas, para não se preocupar com a saúde quando sair para cumprir suas obrigações do dia a dia.

Infográfico: Alimentação Saudável em 10 Passos

Veja este infográfico do Ministério da Saúde sobre a alimentação saudável.

Marmita Fitness - Alimentação Saudável

Vender Marmita Fitness é Um Ótimo Negócio

Uma marmita fitness para muita gente pode significar algo sem gosto e insosso. Mas é fácil de quebrar este paradigma e criar uma empresa de marmita fitness congelada por exemplo que auxilie a manter a dieta em dia preparando pratos com muito sabor e criatividade. Saber como preparar marmitas fitness é a chave do seu negócio. Especialize-se!

Os clientes recebem suas marmitas fitness de acordo com o programa no qual estão, um cardápio da marmita fitness por semana, com o almoço, lanche e jantar. Tudo com as calorias contadas e muita diversidade de ingredientes.Marmita Fitness

Você pode ser criativo e inovar elaborando as embalagens de entrega personalizadas, para que os clientes fiquem satisfeitos e saibam que você preparou as comidas conforme a vontade de cada um deles.

Além disso, os clientes podem selecionar o dia da semana que desejam receber as marmita fitness, escolhendo qual o tipo de cardápio e listando algumas restrições alimentares.

A marmita fitness com cardápio também pode ser uma surpresa diária. Os programas podem ser selecionados de acordo com a quantidade de calorias ou de refeições e você ainda pode oferecer parceria com alguns profissionais como nutricionistas ou endocrinologistas.

Pense em acrescentar um plano básico onde inclua o almoço que tenha a entrada, prato principal e sobremesa, um lanche, jantar e a ceia, com a quantidade recomendada de calorias.

Marmita fitness pode ser um excelente rendimento

Algumas pesquisas com empresários que são do ramo da Alimentação Fora do Lar afirmam que 50% pretendem inovar acrescentando novos serviços nesse ano de 2017 para fugir da crise.

Entre as possíveis soluções estão:

  • Diversificação de cardápio
  • Disponibilizar produtos que sejam mais saudáveis
  • Venda de marmitas fitness.

Com certeza o melhor caminho nesse momento um pouco delicado em que o Brasil vive é investir nesse ramo de comidas mais saudáveis e,  oferecer marmitas fitness congeladas por exemplo é uma ótima maneira de conseguir novos clientes.

Observe alguns passos importantes para iniciar nesse negócio fitness que junta a conveniência e a praticidade com uma saúde física e mental para todos.

1 – Tenha um plano de negócio, mesmo que você já esteja no ramo da alimentação.

Você deve elaborar um documento que contemple em detalhes o conceito da proposta que você tem em mente e pretende colocar para funcionar. O SEBRAE ajuda empreendedores em todo o tipo de questões e o plano de negócio é uma delas.

Mas mesmo que você já tenha experiência nesse mercado de alimentação fora de casa, é ideal deixar tudo anotado, já que o público que procura a comida congelada saudável é bastante exigente em relação a segurança do que é adquirido e, observa a garantia das propriedades organolépticas.

2 – Invista na venda de pacotes para um público específico

Os anúncios oferecendo pacotes semanais com marmita fitness para vender congeladas para os solteiros e das marmitas fitness para os clientes fitness são fáceis de ser encontrados na internet e mostram a necessidade de investir de forma estratégica de marketing para posicionamento no mercado.

Cada cliente possui uma rotina de compra determinada conforme as suas necessidades. Alguns escolhem pelas dietas de controle de peso em razão de situações patológicas ou para manter o peso.

Alguns jovens sentem a falta de tempo ou habilidade para preparar a sua comida fitness e você deve investir nesse público como complemento do seu negócio.

3 – A estrutura deve ser apropriada

É possível que você tenha imaginado em uma adaptação da estrutura das marmitas fitness. Então é importante você saber que isso realmente deve ser feito, mas é preciso ter cuidado.

Conforme os especialistas, o cardápio escolhido vai determinar qual o formato da estrutura, então, observe a variedade dos produtos que serão oferecidos, o volume da produção selecionada para a venda e o nicho de mercado.

Se o cardápio saudável for escolhido para o público celíaco e que tenha intolerâncias alimentares, não vai poder utilizar a mesma estrutura de quem já atua na área de marmitas convencionais em razão dos traços que vão ficar nos equipamentos e utensílios.

4 – Procure conhecimento técnico

Para fazer os cardápios é necessário ter um conhecimento sobre os alimentos congelados para não que você não perca dinheiro com a perda de matéria-prima.

Normalmente alguns alimentos acabam não resistindo à ação do frio e têm o sabor, a textura e muitas propriedades nutricionais modificadas.

Além disso, o processo de congelamento tende a diminuir os riscos de contaminação e deterioração, porém devem ser realizados da forma correta para que o descongelamento aconteça sem a perda de líquidos e mantenha a qualidade dos produtos.

Busque conhecimento sobre as embalagens, rotulagens e a entrega por meio de veículos refrigerados, esses são fatores que servem como base para manter o negócio aberto.

Abrir uma empresa de marmita fitness com entrega é sensacional, mas você precisa se destacar no mercado e se especializar fazendo cursos e analisando a concorrência.

Se você não tem muito conhecimento sobre receitas ou cardápio fitness, eu recomendo que você veja este vídeo.

Veja o vídeo clicando aqui

Mas você já sabe que até alguns anos atrás, pouco se falava sobre alimentação saudável  mas de uns tempos para cá a procura por esses alimentos aumentou de forma muito rápida e os empreendedores ficam de olhos abertos nesse novo mercado que está se fortalecendo cada dia mais no Brasil.

Devido a este fortalecimento, diversos empresários abriram restaurantes vegetarianos, outros já escolheram fazer lanche natural para vender e o delivery de comida natural também está se popularizando.

Por isso você precisa compreender e saber de algumas informações que são preciosas caso deseje trabalhar com o delivery de comida fitness , afinal este tipo de empreendimento pode fazer um muito sucesso na sua região.

Observe abaixo algumas dicas importantes.

Alimentação Saudável em Números

Veja alguns números sobre a alimentação saudável segundo o site Food Magazine e tire suas próprias conclusões se este é um bom nicho para empreender ou não.

Marmita Fitness - infografico-alimentacao-saudavel

Fonte: Food Magazine

Afinal, vale a pena abrir uma empresa de entrega de comida saudável?

Inicialmente quando você começar a pensar em investir nesse tipo de negócio deve fazer uma analise do mercado para ter uma leve noção sobre a área que você está querendo entrar.

Por isso você deve verificar se as pessoas estão em busca de uma alimentação saudável na sua região, observe quais são os restaurantes que elas normalmente frequentam e quais os tipos de alimentos que tem um grande consumo e quais as necessidades dessas pessoas.

Procure firmar parcerias com nutricionistas de sua região, isto ajuda e muito seu negócio a decolar.

Mas, além disso, o mais importante é fazer uma pesquisa de campo, com o objetivo de saber se as pessoas tem interesse em receber essas marmitas fitness na residência ou trabalho.

Depois de já ter isso bem definido, tudo fica mais fácil e você pode começar a criar um planejamento sobre o que espera do seu negócio e o que ele vai disponibilizar no mercado e traçar quais os próximos passos para montar um ótimo delivery de comida saudável.

De qualquer forma, vale muito a pena investir nesta ideia, pois é um mercado que está em alta, procura é grande e a concorrência ainda é pequena, sendo ideal para os novos empreendedores que possuem uma visão de negócio e desejam apostar em algo mesmo que seja a longo prazo!

Tipos de comidas fitness para vender:

Quando se fala em venda de comida fitness você não deve levar em consideração somente o almoço ou o jantar, afinal o ramo alimentício também tem uma excelente procura pelos deliciosos sanduíches naturais, se tratando da entrega em domicílio e também em venda em locais mais específicos, como em uma praia ou escritórios onde não tenha restaurante por perto, você acaba sendo a única (e mais saudável) opção de alimentação para estas pessoas.

Mas não importa se você vai trabalhar com o delivery de sanduíches ou de comida fitness, o essencial é desenvolver um cardápio que seja bem explicativo, e mostre todos os pratos, do que eles são feitos, os valores nutricionais e mais alguns detalhes extras.

Veja abaixo um vídeo da Vanessa W sobre o que comprar para fazer suas receitas para marmita fitness.

Por isso, se você for trabalhar com a entrega de marmita fitness, deve conferir alguns exemplos do que oferecer aos clientes:

  • Filés grelhados como o frango, peixe e Mignon juntamente com Acompanhamentos.
  • Sopas de frango, feijão e legumes.
  • Vitaminas e os sucos naturais.
  • Sanduíches naturais como os de Atum, frango, tomate seco, peito de peru e outros.
  • Frango com batata doce
  • Sobremesas naturais como o Mousse light, arroz doce integral, pavê de chocolate, gelatina diet, tortas.
  • E diversos outros tipos de alimentos da dieta fitness…

Você pode ver uma lista de receitas de pratos fitness, sucos detox e muito mais clicando neste link.

Delivery Marmita Fitness

Montando um Delivery de Comida Saudável

Aqui é necessário que você pense em alguns pontos que são cruciais para começar com o seu delivery de marmita fitness e também já deve ir pesquisando uma lista com vários exemplos de comidas que podem ser preparadas pela sua nova empresa.

Porém, este é somente o inicio do seu negócio e vai ser necessário pensar em outras coisas para ver o seu delivery funcionando, começando pelo espaço onde vai trabalhar.

Mas caso você for decida vender as suas comidas fitness no mesmo local onde vai preparar e precisar escolher um lugar que tenha uma boa circulação de pessoas, com uma excelente visibilidade e a estrutura precisa ser suficiente para desenvolver o seu negócio.

O espaço deve ser amplo onde ficarão as mesas e as cadeiras, além de um balcão para que ocorram os atendimentos, no fundo deve ficar a cozinha que precisa ser grande e tendo no mínimo 2 banheiros no ambiente, e um espaço ao lado com saída para rua onde vai funcionar o seu sistema de delivery.

Em relação aos entregadores, vai ser necessário ter de duas a cinco pessoas entregando, pois tudo vai depender da cidade e da demanda que tiver, mas você também pode pensar em terceirizar este serviço e você deve se informar com mais detalhes de como tudo funciona.

Grande parte do seu capital vai ser destinado à compra dos seus produtos, equipamentos de trabalho, pagar o aluguel e a decoração do espaço, além da compra de alimentos para preparo, alguns acessórios simples, contratação de funcionários e muito mais.

Além disso, vai ter os gastos com a legalização do seu negócio, afinal essa é uma empresa comum como qualquer outra e precisa ter o CNPJ, a licença da prefeitura municipal, licença da Vigilância Sanitária e outros detalhes que são indispensáveis para começar a trabalhar com o ramo de alimentos, reserve uma boa quantia para isso.

É possível lucrar nesse ramo?

Com certeza que sim, a tendência de lucro no ramo de marmitas fit é alta se comparada aos negócios direcionados para a venda de alimentos naturais e com um delivery pode ser a solução perfeita para aumentar a lucratividade.

Mas para que seja possível chegar em um nível de negócio bem sucedido, é imprescindível disponibilizar um atendimento de qualidade, agilidade na entrega e os alimentos devem ser bons e saborosos.

Pense em montar uma excelente equipe que esteja sempre disposto a melhor atender os clientes, tanto os funcionários da cozinha, do atendimento ao cliente quanto os entregadores em domicílio, pois tudo isso vai contribuir para resultar em lucros para sua empresa.

Tendo uma empresa de venda de marmita fitness dá para faturar em torno de R$ 25 mil Reais por mês com um delivery bastante estruturado, mas existem casos de negócios bem maiores que conseguem faturar 4 ou 5 vezes este valor.

De qualquer maneira, é uma ideia de negócio bastante relevante no mercado, e com uma tendência de lucro satisfatória e que pode se encaixar no seu estilo empreendedor, só precisa focar para criar seu delivery de comida saudável e iniciar com ótimas receitas, sem perder tempo e dinheiro testando.

Uma opção que nós recomendamos é o guia das receitas fitness que você pode conhecer neste link.

Ganhando Dinheiro Com Marmitas Fit

Você já sabe que dá para lucrar (e muito) vendendo marmita fitness, por isso esqueça a ideia de que uma alimentação leve está resumida somente em folhas verdes e poucos legumes.

Comece a compreender melhor o que é a alimentação saudável. Pesquise bastante sobre todos os benefícios e os mais diversos sabores que um prato saudável pode ter. Você precisa entender tudo para trabalhar na área e este livro vai dar uma boa base para iniciar seu negócio.

Fique atento a algumas dicas abaixo.

Se você se interessou pela ideia de ganhar dinheiro vendendo marmita fitness, confira algumas ideias que podem ser seguidas e organiza o seu plano de negócios.

1 – Restaurante

Se você já possui um capital que possa investir em um restaurante de comida saudável pode ser uma excelente opção de negócio. Já que os consumidores estão em busca de manter uma qualidade na alimentação.

Por isso, vender comida saudável e com ótimos produtos orgânicos com certeza é um bom negócio.

2 – Marmitas Fit

Uma modalidade de negócio que está se desenvolvendo de maneira rápida são, como já dissemos, as marmitas fitness. Nesse caso, a proposta é para que você comece a elaborar alguns cardápios saudáveis para vender.

O investimento vai ser excelente, pois não será preciso ter toda uma estrutura de restaurantes para receber clientes, ou os equipamentos que são usados em buffet, além disso fica fácil para gerenciar.

Você só precisa ter uma cozinha que seja preparada para começar a produção das suas marmitas fit.

3 – Lanches Fitness

Quem gosta de lanches pode ser boa opção também, por buscar uma melhor qualidade de vida, para manter o peso ou por recomendação médica, diversas pessoas escolham os lanches saudáveis.

Para as pessoas que precisam trabalhar fora de casa, preparar os seus próprios lanches pode ser bem complicado. Que tal disponibilizar aos seus clientes, lanches que podem ser consumidos á tarde, seus clientes iriam adorar.

4 – Sucos Naturais e Sucos Detox

Se você está em busca de uma alternativa mais fácil e mais prática, a dica é para começar a preparar sucos naturais e sucos detox. Você pode elaborar um cardápio somente de sucos com ingredientes orgânicos, isso é uma ótima ideia.

Se preferir incrementar pode preparar algumas receitas funcionais, como as detox, que estão em alta. A grande vantagem dos sucos é que você vai usar poucos recursos, pois só basta um liquidificador e também vai gastar menos tempo.

5 – Horta Delivery

Caso você tenha um pátio grande, com uma terra boa para plantar e gosta de espécies de verduras ou temperos em floreiras portáteis e vendê-las para as pessoas que vivem em apartamento.

A dica é para usar a sua criatividade no visual da floreira, tornando-a um negócio mais atrativo.

Por isso se você gosta do ramo de alimentação e sempre desejou investir em algum negócio desse tipo, porém, além da vontade pela cozinha, gosta de ter uma vida mais saudável e se preocupa com os cuidados na alimentação dos outros.

Se o seu espírito é de um verdadeiro empreendedor pode ser o momento ideal para começar a planejar seu negócio de marmitas fitness, pois tem tudo para dar muito certo.

Uma idéia que esta dando muito certo é vender a receita saudável juntamente com os ingredientes em uma bela caixa. O cliente compra uma receita e recebe os ingredientes todos orgânicos para executar aquela receita.

Veja também 101 Receitas De Comida Fit

O Mercado Das Marmitas Fit

Criar um negócio que venda comidas fitness é a grande sensação do momento, diversos empreendedores estão ganhando muito dinheiro com esse tipo de negócio.

Como você já percebeu, pouco se ouvia sobre a alimentação saudável, mas atualmente as pessoas estão cada vez mais preocupadas em manter a mente e o corpo saudável e a alimentação é fundamental, além das pessoas notarem que ter uma alimentação natural é questão de saúde e não somente de beleza.

Cada vez mais aparecem pessoas totalmente interessadas em viver uma vida mais tranquila de forma saudável e por falta de tempo ou prática na cozinha, escolhem encomendar em restaurantes mais especializados.

O objetivo de vender marmitas fitness é conseguir fazer com que as pessoas adotem esse hábito e não seja somente algo passageiro, por isso deve ser feito uma análise com nutricionistas e você deve fazer alguns cursos desse ramo ou no mínimo conhecer algumas receitas fit, como as que você encontra neste livro.

Lembre-se que o alimento deve agradar o paladar do cliente, pois é complicado os ver comendo algo que não gostam só porque tem alguma intolerância, como ao glúten e lactose, ou porque são hipertensos ou tem diabetes.

Se alimentar precisa ser um momento prazeroso, por essa razão os clientes devem gostar da comida mais saudável e não comer somente por obrigação.

Conseguindo alcançar esse diferencial a sua empresa vai ter tudo para crescer e fazer sucesso absoluto.

Como vender comidas saudáveis

As grandes dicas você já sabe, mas inicialmente deve ir pensando onde vai começar o seu negócio. Caso você já tenha um valor alto para investir, pode escolher comprar alguma franquia de lojas que já trabalhem nesse mesmo segmento.

Pois, além de ter uma marca já conhecida pelo consumidor, você vai ter total apoio para criar o seu negócio da melhor maneira possível.

Se escolher começar do zero, você pode alugar algum ponto em um local que não tenha desse mesmo serviço que você decidiu oferecer ou com grande fluxo de pessoas.

O comércio fica ideal se for próximo de academias; salões de beleza, lojas fitness e os shoppings.

Você também pode escolher preparar os alimentos na sua casa e oferecer os serviços de entregas, como já foi falado mais acima.

Tendo uma ótima divulgação nas redes sociais, no seu bairro com a entrega de filipetas, possuindo uma placa na fachada da sua casa, você vai com certeza receber diversas encomendas por telefones e por e-mails.

Investimento Necessário

Você vai precisar investir nos melhores produtos para que haja uma preparação das comidas saudáveis, assim como nos equipamentos. Se a empresa for física, vai ser preciso ter alguns gastos extras como aluguel, móveis e decoração.

Para comprar uma franquia, o valor inicial pode ficar em torno de R$ 90 mil reais, mas essa opção no caso de você já ter uma boa quantia guardada e deseje adquirir uma loja que já possui uma experiência e tem um nome no mercado.

Por isso que você precisa ter tudo anotado como uma forma de saber os valores que vai gastar e o que vai precisar para começar a vender as marmitas fitness e mais alguns serviços ligados com as comidas naturais.

Conclusão

Espero que este pequeno guia tenha sido útil e tenha clareado suas idéias para empreender no negócio de marmita fitness. Sem dúvida este é um excelente negócio para quem tem afinidade com a cozinha e tem o empreendedorismo nas veias.

Mesmo que você não queira empreender nas marmitas fit, eu recomendo fortemente que siga o cardápio delas para melhorar sua saúde. Se você não conhece ou não sabe fazer as receitas fit, clique aqui e conheça este livro.

Quem sabe você não consegue ainda impressionar e surpreender com uma bela refeição fit feita com uma dessas receitas?

Você tem alguma dica sobre marmitas fitness? Deixe aqui nos comentários!

O post Marmita Fitness: Conheça Este Negócio Que Está Mudando Vidas apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/marmita-fitness/feed/ 0
Desafio Das 52 Semanas – Você Está Fazendo Errado! (Ou Quase Isso) http://www.dinheiroamigo.com/desafio-das-52-semanas/ http://www.dinheiroamigo.com/desafio-das-52-semanas/#respond Fri, 27 Jan 2017 13:01:00 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1727 Você já deve ter ouvido falar do desafio das 52 semanas. Eu confesso que conheci a algum tempo atrás mas não me atentei aos detalhes até dias atrás. O que mais chama a atenção é que este desafio viralizou e tem muita gente fazendo e conseguindo guardar dinheiro. Eu acho válido, mas também acho que […]

O post Desafio Das 52 Semanas – Você Está Fazendo Errado! (Ou Quase Isso) apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Você já deve ter ouvido falar do desafio das 52 semanas. Eu confesso que conheci a algum tempo atrás mas não me atentei aos detalhes até dias atrás. O que mais chama a atenção é que este desafio viralizou e tem muita gente fazendo e conseguindo guardar dinheiro. Eu acho válido, mas também acho que sempre podemos melhorar e acho que a grande maioria faz o desafio da forma errada.

Eu vou explicar porque você está fazendo o desafio das 52 semanas errado e ensinar uma outra forma de cumprir com o plano.

Veja como:

O Desafio Das 52 Semanas

Recentemente, muitos amigos tem me enviado cópias do “desafio das 52 semanas” para poupar dinheiro que estão fazendo e guardando R$1378,00 no ano. O desafio funciona usando uma tabela como esta abaixo:

Desafio Das 52 Semanas Para Poupar Dinheiro

Eu não sei de onde veio esta tabela acima nem tenho o arquivo original. Ela me foi enviada por amigos. Se você quiser fazer o desafio e precisa de uma tabela parecida, eu fiz uma planilha em excel que você pode baixar gratuitamente aqui. Ainda assim, a matemática por trás do desafio das 52 semanas é básica e muito fácil de copiar, assim você pode fazer sua própria tabela.

De qualquer maneira, a idéia é simples. Durante a primeira semana do ano, você guarda R$1. Na segunda semana guarda R$2. Mantenha adicionando um real para cada semana para que na ultima semana do ano, você guarda R$52. Mesmo sem rendimentos, você acaba por economizar R$1378,00 durante o ano. É um dinheiro para compras de Natal ou para as férias.

Veja também Como Juntar Dinheiro Para Comprar Um Apartamento

O apelo do plano é óbvio. Quando você olha para o plano logo na primeira semana, você não resiste em refletir na idéia de que o desafio das 52 semanas requer que você guarde apenas R$1 nesta semana, e assim mesmo no final do ano você terá mais de mil reais. Parece um crescimento impressionante.

Claro que a pegadinha é que quanto mais semanas passam, mas desafiador fica guardar o dinheiro. Se você começou em Janeiro, nas semanas de Dezembro você vai ter que guardar R$49, R$50, R$51 e R$52. Este desafio pede as pessoas para guardar mais de R$200 durante o mês do ano em que não se tem muito dinheiro e é o mais apertado para a maioria de nós.

Não me entenda errado. A idéia de se comprometer em guardar dinheiro lentamente é válida. Fica cada vez mais fácil encontrar maneiras de guardar um pouco quando se faz por bastante tempo.

Entretanto, a idéia de aumentar o valor devagar como em uma linha suave não reflete a realidade. Nossas vidas infelizmente não são uma linha suave e reta.

Uma das maneiras que as pessoas se utilizam para compensar isto é ter um fundo de emergência (dinheiro guardado para uma emergência). Outra maneira é através de investimentos automáticos, quando o dinheiro é tirado automaticamente de suas contas cada semana e investido, deixando o que resta na conta para se viver.

E sabe o que é mais engraçado?

É que nenhuma dessas idéias se aplica aqui.

Se você quer saber como juntar dinheiro em 52 semanas de uma maneira real, continue lendo.

Mudando o Desafio das 52 Semanas Para Poupar Dinheiro

Ao invés disso, eu vou propor uma pequena mudança no desafio de 52 semanas. Na verdade não muda muito o plano, mas ajuda com o fato de que pessoas normais tem vidas com altos e baixos.

Cada semana, estabeleça uma meta de guardar o máximo que puder. Você pode juntar R$20 nesta semana? E guardar R$40? ou R$52? Quanto maior este número, melhor. Você pode alcançar este valor fazendo algumas escolhas durante a semana.

No final da semana, marque a linha na “tabela de poupança 52 semanas” que corresponde ao quanto você conseguiu guardar. Se você conseguiu guardar apenas R$15 nesta semana, marque a linha R$15. Se você guardou R$52 nesta semana, marque a linha R$52.

Você vai precisar da tabela completa e pode fazer o download aqui.

Porque fazer isto? Se você apenas seguir a tabela como está, você vai eventualmente acabar em uma semana em que não será fácil atingir o valor determinado. Se você falhar por uma semana, será muito difícil retomar a rotina.

Por outro lado, algumas semanas serão cheias de oportunidades e guardar R$40 ou R$50 será bem mais fácil. Além de que você vai se sentir mais animado com o projeto logo no início, o que significa que faz sentido tentar riscar alguns números grandes logo nas primeiras semanas.

Conclusão

Imprima a tabela do desafio das 52 semanas. Grude na geladeira ou no espelho. A cada semana, guarde o máximo de dinheiro que conseguir. Risque a linha que corresponde a quanto você conseguiu economizar. Se uma semana é pior do que outra, não tem problema. Você recupera na próxima semana.

Se você quer realmente ter um planejamento sólido e robusto que não só permita que você guarde dinheiro mas também tenha o controle TOTAL sobre o seu dinheiro, eu recomendo que veja este link.

Lembre-se, o objetivo é guardar dinheiro de uma forma realista, através dos altos e baixos da sua vida. Cada semana deve envolver algum progresso, mas algumas semanas serão melhores do que outras.

Mesmo que você não ache que o  “desafio das 52 semanas” útil, ainda existe um grande valor em manter seus princípios realistas quando se pensa em fazer uma poupança.

Você não precisa definir um novo recorde a cada semana. Você só precisa seguir em frente e progredir todo o tempo, ao menos um pouco.

O post Desafio Das 52 Semanas – Você Está Fazendo Errado! (Ou Quase Isso) apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/desafio-das-52-semanas/feed/ 0
Por Que a Automação Comercial é Importante Para Supermercados? http://www.dinheiroamigo.com/automacao-comercial-e-importante-para-supermercados/ http://www.dinheiroamigo.com/automacao-comercial-e-importante-para-supermercados/#respond Thu, 19 Jan 2017 12:02:46 +0000 http://www.dinheiroamigo.com/?p=1565 Trazendo muito mais agilidade e efetividade na administração diária e no relacionamento com os clientes, a automação comercial é uma ferramenta poderosa para os mais variados tipos de negócio – inclusive os supermercados. Tanto para os estabelecimentos de grande porte quanto para os pequenos, incorporar estratégias de automação ajuda a reduzir custos, otimizar as atividades […]

O post Por Que a Automação Comercial é Importante Para Supermercados? apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
Trazendo muito mais agilidade e efetividade na administração diária e no relacionamento com os clientes, a automação comercial é uma ferramenta poderosa para os mais variados tipos de negócio – inclusive os supermercados. Tanto para os estabelecimentos de grande porte quanto para os pequenos, incorporar estratégias de automação ajuda a reduzir custos, otimizar as atividades e aumentar a qualidade no atendimento aos consumidores.

Erros administrativos e quebra operacional podem representar até 46% das perdas de um supermercado, e ambos os aspectos podem ser reduzidos consideravelmente com a aplicação da automação comercial. Além disso, furtos (tanto internos quanto externos) equivalem a 34% das perdas no varejo – e também podem ser evitados com a automação, por exemplo, com o uso de equipamentos como câmeras de segurança.

Com o uso dos equipamentos apropriados, um supermercado pode:

  • ter um controle muito mais apurado (e facilitado) do seu estoque, minimizando erros administrativos;
  • consegue atender os clientes com maior agilidade através de Pontos De Venda (PDV) modernos;
  • evita erros humanos que podem custar caro, como ter preços diferentes para um mesmo produto na gôndola e no caixa (o que pode gerar uma multa de até R$ 7 milhões);
  • facilita o respeito às legislações do varejo, como a presença de terminais de consulta e a emissão da nota fiscal eletrônica do consumidor (NFC-e);
  • reforça a segurança e inibir perdas com furtos e roubos.

Os equipamentos fundamentais para um supermercado

A automação comercial pode atuar tanto em um nível interno, agilizando os processos administrativos do estabelecimento (como controle de estoque, ponto eletrônico dos funcionários, sistema de vigilância), quanto no nível externo, no atendimento aos clientes (PDVs).

Saiba mais sobre os equipamentos que não podem faltar para o seu negócio ter muito mais agilidade e, assim, lucro.

  • Impressora NFC-e – Desde janeiro de 2017, os estabelecimentos comerciais do varejo precisam, obrigatoriamente, emitir a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica. Por isso, é fundamental que um supermercado esteja preparado para isso. Por ser um tipo diferente de nota fiscal, a NFC-e necessita de uma impressora específica, mais moderna e compacta.
  • Terminais de consulta – Por lei, todo supermercado é obrigado a ter um terminal de consulta – aquele aparelho que permite ao consumidor saber qual é o preço do produto ao aproximá-lo do equipamento. Além de agilizar o atendimento, essa tecnologia pode ser incorporada também em ações de marketing, pois alguns modelos possibilitam a exibição de vídeos, fotos e propagandas.
  • Coletores de dados – Utilizados no controle do estoque, esses equipamentos permitem aprimorar e agilizar o relacionamento e compras com fornecedores e, por consequência, reduzir em até 12% o volume de perda do seu negócio. Automatizando o processo de controle do estoque, o empreendimento reduz eventuais erros humanos e economiza em tempo e pessoal para realizar essa tarefa.
  • Impressoras portáteis – Além de saber exatamente o que há no seu estoque, é preciso se certificar de que o preço indicado nas gôndolas e aquele registrado no caixa são compatíveis. Uma ferramenta muito fácil e ágil de se utilizar com esse objetivo é a impressora portátil, aparelho equipado com um software que lê os dados de preço relacionados aos itens e imprime direto na gôndola os valores correspondentes.

            Com esses equipamentos, um supermercado (seja ele de grande ou pequeno porte) já pode contar com as principais vantagens da automação comercial e sem realizar um investimento muito grande. Cada vez mais, o futuro do varejo passa pela automação, que agiliza processos, reduz custos e proporciona muito mais qualidade de atendimento para os clientes.

O post Por Que a Automação Comercial é Importante Para Supermercados? apareceu primeiro em Dinheiro Amigo.

]]>
http://www.dinheiroamigo.com/automacao-comercial-e-importante-para-supermercados/feed/ 0